A Diocese

Em primeiro de outubro de 2007, a Diocese de Erexim lançou seu site, organizado pelo funcionário de suporte de informática da Cúria Diocesana Eziquiel Menegas, sob a coordenação do Pe. Clair Favreto, coordenador diocesano de Liturgia. Na metade de 2008, o site passou por uma remodelação.

Organizado por Leonardo Briedis, funcionário da Cúria Diocesana para a informática, o site da Diocese de Erexim passou a ter novo design em agosto de 2015. A partir de julho deste ano de 2018, o site da Diocese de Erexim tem nova apresentação, organizada por DBsite Agência Digital - dbsite.com.br

Com simplicidade e de forma despretensiosa, a Diocese de Erexim empenha-se em manter presença neste fantástico espaço de comunicação e evangelização. O objetivo, primeiramente, é ampliar e agilizar a comunicação com os diocesanos que dispõem deste recurso eletrônico. Em segundo lugar, disponibilizar aos internautas de perto e de longe, para partilha, algo da nossa vida diocesana, da Igreja em nível regional, nacional e mundial, bem como de aspectos diversos da vida.

Que o fogo do Espírito Santo nos faça avançar construindo com esperança a nossa história de salvação no caminho da evangelização, como "Igreja em saída", segundo convocação nosso Papa Francisco. Igreja "discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida, rumo ao Reino definitivo", como propõem as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2015-2019. Que a presença diocesana neste universo virtual contribua para que Deus, Pai e Criador, seja sempre mais louvado, amado e servido e ajude a garantir o "cuidado com a casa comum", o grande desafio do Papa Francisco à Igreja e à humanidade em sua recente encíclica "Laudato si".

Erechim, primeiro de julho de 2018, Solenidade de São Pedro e São Paulo e Dia do Papa, no Ano Nacional do Laicato e na realização da Ação Evangelizadora "Cada comunidade, uma nova vocação"

Dom José Gislon, Bispo Diocesano de Erexim.

Identificação

Pertencente à Província Eclesiástica de Passo Fundo, a Diocese de Erexim foi criada em 27/05/1971 pela Bula Cum Christus do Papa Paulo VI, desmembrada da Diocese de Passo Fundo.
Está situada no Norte central do Rio Grande do Sul. Limites: Arquidiocese de Passo Fundo (RS), Dioceses de Chapecó (SC), Frederico Westphalen (RS), Joaçaba (SC) e Vacaria (RS).
Superfície: 6.303,3 km²
População: 211.685 hab (IBGE 2010)
Densidade demográfica: 33,6 hab/km²
Centro Diocesano de Pastoral e Administração
Av Sete de Setembro, 1251
99709-298 - Erechim/RS
(54) 3522-3611 / (54) 99917-3125

Do documento da CNBB Comunidade de comunidades: uma nova Paróquia, a conversão pastoral da Paróquia (Coleção Documentos da CNBB, n. 100, nn. 158-160):

A diocese é a porção do povo de Deus confiada a um bispo com a cooperação de um presbitério (Código de Direito Canônico, cân. Nº 369). A o ser criada uma nova paróquia na diocese, não se produz uma divisão ou repartição da Igreja, mas se estabelece uma nova presença da Igreja numa nova paróquia. A diocese, por sua vez, também vive em comunhão com todas as demais dioceses que são presidida s na caridade pelo bispo de Roma, o Papa.

A Igreja, contudo, é mais do que se vê. Ela é mistério, por isso a paróquia como comunidade de comunidades e cada um dos fiéis estão em profunda comunhão com a realidade além da visibilidade. A comunhão da Igreja supera a unidade sociológica ou a harmonia psicológica. É uma comunhão no mistério da comunhão dos santos: a Igreja que está no céu, os remidos em Cristo, com aqueles que estão se purificando no purgatório e com os que são discípulos de Jesus que peregrinam sobre a Terra. ... Assim, a Igreja da qual a paróquia é concretização, não se reduz às estruturas e organismos pastorais. Sem prescindir dessas realidades, ele visa a salvação que considera e transcende o mundo visível.

Desse mistério, a paróquia constitui-se n a menor parte de uma comunidade mais ampla que é a Igreja Particular. A paróquia não pode ser concebida como independente, mas somente em relação à Igreja Particular na qual se encontra. Dela recebe as orientações pastorais e define sua atividade. A vitalidade da diocese, por sua vez, depende da vitalidade das suas paróquias.

Do Documento do Concílio Vaticano II "Christus Dominus", sobre o ministério pastoral dos Bispos, "Diocese é a porção do povo de Deus, que se confia aos cuidados pastorais de um bispo, coadjuvado pelo seu presbitério, para que unida ao seu Pastor e reunida por ele no Espírito Santo por meio do Evangelho e da Eucaristia, constitua uma Igreja particular, na qual está e opera verdadeiramente a Igreja de Cristo, una, santa, católica e apostólica."

Organização

Cúria Diocesana


Vigário Geral e Coordenador da Cúria: Pe. Cleocir Bonetti
e-mail: Cleocir@ibero.it / pe. bonetti@diocesedeerexim.org.br
Tel.: (0xx54) 3522-3611
Chanceler: Pe. Antonio Valentini Neto
e-mail: pe.antoniov@diocesedeerexim.org.br
secretariado@diocesedeerexim.org.br
Tel.: (0xx54) 3522-3611 / 9626-8924
Assessoria de comunicação: Vinicius Martins Freitas e Pe. Antonio Valentini Neto
E-mail: comunica2@diocesedeerexim.org.br
pe.antoniov@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 3522.3611 / 9626-8924
Ecônomo: Ildo Benincá
e-mail: ildo@diocesedeerexim.org.br
Tel.: (0xx54) 3522-3737 / 9147-4033
Recepção: Sandra Rektewald
e-mail: curia@diocesedeerexim.org.br
Tel.: (0xx54) 3522-3611
Recursos Humanos: Clarice Bandiera Barbieri
e-mail: rh@diocesedeerexim.org.br
Tel.: (0xx54) 3522-3611
Financeiro: Camile Schilo
e-mail: financeiro@diocesedeerexim.org.br
Tel.: (0xx54) 3522-3611
Contabilidade: Cleusa Jakoboski
e-mail: contabilidade@diocesedeerexim.org.br
Auxiliar Administrativo: Juliano Petzhold
e-mail: juliano@diocesedeerexim.org.br
Tel.: (0xx54) 3522-3611
Livraria Diocesana: Cristiani Weirich
e-mail: livraria@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 3522-3611

Conselhos e Colégio de Consultores


1. Conselho Presbiteral(composição de 09/5/2018)
Dom José Gislon
NATOS:
Pe. Cleocir Bonetti - Vigário Geral e representante dos presbíteros na Comissão Regional de Presbíteros
Pe. Maicon André Malacarne - Coordenador Diocesano de Pastoral
Pe. Valter Girelli - Reitor do Seminário de Fátima e Formadores
ELEITOS:
Pe. Paulo Bernardi - Área de Erechim
Pe. Carlos Pontel - Área de Gaurama
Pe. João Dirceu Nardino - Área de Getúlio Vargas
Pe. Antonio Miro Serraglio - Área de Jacutinga
Pe. Dirceu Balestrin - Área de Aratiba
Pe. Milton Lay Mattia - Área de Severiano de Almeida
Pe. Pe. Moacir Luiz Noskoski - Área de São Valentim
NOMEADOS:
Pe. Antônio Valentini Neto - Chanceler da Cúria Diocesana
Pe. Tranquilo Manfroi - Representando os Religiosos
Pe. Clair Favreto - Reitor do Seminário São José, Passo Fundo e Formadores

2. Colégio dos consultores (composição de 05/10/2015
Dom José Gislon
Pe. Dirceu Balestrin
Pe. Antonio Valentini Neto
Pe. Valtuir Bolzan
Pe. Cleocir Bonetti
Pe. João Dirceu Nardino
Pe. Clair Favreto
Pe. Valter Girelli

3. Conselho Econômico (integrantes em 23/8/2017)
Dom José Gislon
Pe. Cleocir Bonetti, Vigário Geral
Pe. Maicon André Malacarne, Coordenador Diocesano de Pastoral
Pe. Antônio Valentini Neto, Chanceler da Cúria Diocesana
Pe. Valter Girelli, Reitor do Seminário de Fátima
Peritos em economia e direito civil:
Sr. Ildo Benincá
Sr. Juliano Petzhold
Sr. Cláudio Galli
Sr. Júlio Madalozzo
Sr. José Carlos Weschenfelder
Sr. Mário Luiz Cavaletti

Representantes indicados pelas Áreas Pastorais da Diocese:
Pe. Maicon André Malacarne - Área de Erechim
Pe. Altair José Steffen - Área de Getúlio Vargas
Pe. Nelson Caetano Longo - Área de Aratiba
Pe. Olírio Luís Streher - Área de Jacutinga
Pe. Mauro Parcianello - Área de São Valentim
Pe. Claudino Talaska - Área de Gaurama
Pe. Valtuir Bolzan - Área de Severiano
Pe. Valter Girelli - Área dos Formadores

Secretariado Diocesano de Pastoral
Coordenação Diocesana
Coordenador: Pe. Maicon André Malcarne
E-mail: pastoral@diocesedeerexim.com.br
Tel.: (0xx54) 3522-3611

Equipe de Coordenação


É formada pelo Bispo, Coordenador Diocesano de Pastoral, Vigário Geral, representantes das Áreas Pastorais e dos Setores e Movimentos.
Dom José Gislon

Pe. Maicon André Malacarne
Pe. Cleocir Bonetti e Comissão de Ministros
Pe. Isalino Rodrigues - Área de Getúlio Vargas e Animação Misisonária
Pe. Giovani Momo - Área dos Formadores e Pastoral Vocacional
Pe. Nelci Miranda - Marcelino  Ramos
Pe. Jorge Dallagnol - Área de Aratiba e Diáconos
Pe. José Carlos Sala - Área de Erexim
Pe. Dirceu Dalla Rosa - Área de Jacutinga e Movimento do Rosário Perpétuo
Pe. Davi Oliveira Pereira - Área de Severiano de Almeida
Pe. Jair Carlesso - Área de São Valentim
Tânia Maria Pasquali Madalosso - Animação Bíblico-catequética
Pe. André Lopes - Comissão de Liturgia, arte-sacra
Ir. Ivaldina Basso - Núcleo Diocesano da CRB
Diácono Jean Carlos Demboski e Felipe Toniolo - Pastoral da Juventude
Ir. Canísio Puhl - Pastoral da Educação
Pe. Adelar de David  - Pastorais Sociais
Marinês Agnoletto - Pastoral da Criança
Pe. Cezar Menegat - Pastoral Universitária e da Educação
Maria Busatta - Pastoral da Saúde
Ir. Margarida Chinvelski - Pastoral pessoa Idosa
Pe. Gilson Samuel - Dízimo
João Agnoletto - Cáritas
Ir. Cristiane Bisollo - Infância e Adolescência Missionária
Pe. Clair Favretto - Pastoral do Batismo
Pe. Moacir Noskoski - Capelinhas
Pe. Edinaldo do Santos Bruno - Carismáticos
Pe. Agostinho Dors - Encontro de Casais com Cristo
Pe. Paulo Cezar Bernardi - Apostolado da Oração
Pe. Valtuir Bolzan - Cursilho de Cristandade e família
Simone Pasinatto - Movimento de Casais Jovens
Beatriz e Heitor Brancher - Movimento Familiar Cristão
Luiz Tomazzeli - Comissão Diocesana de Leigos

Setores Diocesanos


- Pastoral Vocacional: Pe. Giovani Momo
Telefone: 54 9 9131 9276
E-mail: giovanimomo@yahoo.com.br

- Animação Bíblico-catequética: Tânia Maria Pasquali Madalosso
E-mail: taniamadalosso@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 35225697 /91026106
Assessor: Pe. Anderson Faenello
E-mail: pe.andersonfaenello@diocesedeerexim.org.br
pe.faenello@hotmail.com
Telefone: 91490023

Comissão de Liturgia, arte-sacra
Pe. André Lopes
Pe. Paulo Bernardi
Pe. Olírio Streher
Pe. José Carlos Sala
Pe. Clair Favreto
Pe. Maicon A. Malacarne
Dom José Gislon
Cássio Curzel
Clarice Barbieri

Redação dos subsídios: Pe. Antonio Valentini Neto
pe.antoniov@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 3522-3611

- Núcleo Diocesano da CRB: Ir. Ivaldina Basso
Telefone: 3321 3730
E-mail: ivaldinabs@gmail.com

- Pastoral da Juventude: Diácono Jean Carlos Demboski
Felipe Toniolo
E-mail: pastoraldajuventude@diocesederexim.org.br
Telefone: 9 96878752 / (54) 3522.3611

- Pastoral da Educação: Ir. Canísio Puhl
E-mail: ircanisio.puhl@gmail.com
Telefone: 99283519
Lourdes Bergamin
E-mail; lourdesbergamin@bol.com.br
Telefone: 33213870 / 99271420
-Animação Missionária: Pe. Isalino Rodrigues
E-mail:  pe.isalino@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 96948894
- Pastorais Sociais: Pe. Adelar de David
Telefone: 9 9144 1221

- Pastoral da Criança: Marinês Agnoletto
Telefone: 9 9976 5948
E-mail: mari.mdra12@hotmail.com

- Pastoral Universitária e da Educação: Pe. Cezar Menegat
E-mail: pe.cezar@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 99171953

- Comissão de Ministros: Pe. Cleocir Bonetti
E-mail: cleocir.b@libero.it
pe.bonetti@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 99557156

-  Família: Pe. Valtuir Bolzan
E-mail: pe.bolzan@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 99056315 - Pastoral da Saúde: Maria Busatta Telefone: 9 9126 9684 Pe. André Lopes (Hosp. Sta. Teresinha)
Pe. Adelar de David (Hospital de Caridade)

- Pastoral pessoa Idosa: Ir. Margarida Chinvelski
Telefone: 54 9 9667 6576

- Formação:  Pe. Maicon A. Malacarne
E-mail: pe.maicon@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 54 9 9940 1217

- Dízimo: Pe. Gilson Samuel
E-mail: pe.gilson@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 96724066

- Cáritas: João Agnoletto
Telefone: 55 9 9976 5948
E-mail: jaalberto66@hotmail.com

- Infância e Adolescência Missionária: Ir. Cristiane Bisollo
Telefone: 9 9112 5062
E-mail: cristianebisolo@hotmail.com

- Pastoral do Batismo: Pe. Clair Favretto (assessor)
Telefone: 54 9 9998 3318

Áreas Pastorais


- São Valentim (Barão de Cotegipe, São Valentim, Benjamin Constant do Sul, Erval Grande)   
Coordenador: Pe. João Zappani
E-mail: pe.zappani@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 99679439

- Aratiba: (Sede Dourado, Aratiba, Barra do Rio Azul e Itatiba do Sul)
Coordenador: Pe. Edinaldo dos Santos Bruno
Telefone: 9 9605 7722

- Área de Severiano de Almeida (Três Arroios, Severiano e Mariano Moro)
  Coordenador: Pe. Valtuir Bolzan
Telefone: 9 9905 6315

- Área de Gaurama (Gaurama, Viadutos, Marcelino Ramos, Carlos Gomes, Áurea)
Coordenador: Pe. Ivacir João Franco
Telefone: 54 9 9603 7212
- Área de Getúlio Vargas (Capoerê, Getúlio Vargas e Estação) 
Coordenador: Pe. Agostinho Dors
agostinho0448@gmail.com
Telefone: 9156-8695

- Área de Jacutinga (Paulo Bento, Jacutinga, Campinas do Sul, Entre Rios do Sul)
Coordenador: Pe Gilson Samuel
Telefone: 54 9 9672 4066

- Área de Erechim (Catedral, Salette, São Pedro, São Cristóvão, São Francisco de Assis, Santa Luzia, N. Sra. Aparecida)
Coordenador: Pe. Paulo Bernardi
Telefone: 54 9 9924 9194

- Área dos Formadores (Padres das casas de formação - Seminários)
Coordenador: Pe. Giovani Momo
Telefone: 54 9 9131 9276
E-mail: giovanimomo@yahoo.com.br

Movimentos, serviços e outros


- Zeladoras de Capelinhas
Assistente: Pe. Moacir Noskoski
pe.moacir@diocesedeerexim.org.br
Telefones: 35228517 e 99177558

- Carismáticos
Assistente: Pe. Edinaldo do S.Bruno
pe.naldo@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 96057722
Encontro de Casais com Cristo
Diretor Espiritual: Pe. Agostinho Dors
agostinho0448@gmail.com
Telefone: 9156-8695

- Apostolado da Oração
Diretor Diocesano: Pe. Paulo Cezar Bernardi

- Cursilho de Cristandade
Diretor Espiritual: Pe. Valtuir Bolzan
pe.bolzan@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 99056315
- Comissão dos Diáconos
Pe. Jorge Dallagnol
pe.jorge@diocesedeerexim.org.br
Telefone: 96976140

- Movimento do Rosário Perpétuo
Pe. Dirceu Dalla Rosa
Telefone: 99321253

- Movimento de Casais Jovens - Simone Pasinatto (54) 9 9117 1893 Solerman Kaplon (54) 9176 0532
Diretor Espiritual: Pe. Maicon A. Malacarne

- Movimento Familiar Cristão: Beatriz Brancher (54 9 9613 3606) e Heitor Brancher (54 9 9949 7589)
Assessor: Pe. Tranquilo Manfrói

- Comissão Diocesana de Leigos: Luiz Tomazzeli (referência) 54 9984 8121

Formação Presbiteral

Seminário Menor Nossa Senhora de Fátima

Av. Sete de Setembro,1305 - Centro
CEP: 99709-298 Erechim - RS
e-mail: seminario@diocesedeerexim.org.br
Reitor: Pe. Valter Girelli
Assistente: Pe. Maicon Malacarne
Tel.: (0xx54) 3321-2608 e 3522-4822

Propedêutico

Seminário N. Sra. de Fátima
Formador: Pe. Giovani Momo

Ensino Médio

Seminário Bom Pastor
Rua Cônego Pollon, 160
99740-000 Barão de Cotegipe, RS

Filosofia e Teologia

Seminário Maior São José
Rua Santa Teresinha, 183 - Bairro Petrópolis
99051-350 - Passo Fundo/RS
Reitor: Pe. Clair Favreto

Alguns termos e possível compreensão

Nem sempre as palavras têm o mesmo sentido para quem as pronuncia e para quem as ouve. As mesmas palavras podem soar de forma diferente conforme a situação das pessoas que as ouvem. É sempre muito importante a atenção para o que o nosso interlocutor entendeu em relação ao que falamos ou a compreensão que tem da palavra dita.
A palavra pode também ser dita sem plena coerência com o que significa. Alguns asseguram amor eterno, único e exclusivo por alguém, mas têm relacionamentos que o contradizem. Da mesma forma os gestos. Pode-se abraçar e beijar formalmente ou até falsamente. Judas Iscariotes usou o beijo a Jesus como sinal de traição... Palavras podem ser usadas de forma imprecisa ou indevida.
A propósito, uma tentativa de conceituação de termos de uso frequente em âmbito eclesial.

Igreja

Comunidade dos discípulos missionários de Cristo, por Ele congregados na fé, na esperança e na caridade, na força do Espírito Santo, por desígnio de Deus Pai. Ele nos integra numa união já existente, a da Santíssima Trindade. São Cipriano dizia que a Igreja é o povo reunido na unidade do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Daí que sempre iniciamos nossa assembleia litúrgica em nome da Trindade.
Igreja é comunidade de fé, culto e amor. Mas esta união em torno de Cristo se dá lá onde as pessoas vivem, na pessoa de quem Ele deixou para congregá-las em seu nome, os apóstolos, cujos sucessores são os bispos. Esta realização concreta da Igreja, em determinado lugar ou região, em torno de um bispo, se chama diocese.
A Igreja é chamada também de povo de Deus, porque Ele não quis santificar e salvar as pessoas humanas de forma isolada, mas constituídas num povo que o reconheça na verdade e o sirva na santidade (Lumen Gentium 9).
A palavra Igreja é também utilizada para designar o lugar, o templo, no qual a comunidade se reúne. No caso, utiliza-se letra minúscula. No papel, é mais fácil ver a diferença: A Igreja (a comunidade) se reúne na sua igreja (no seu templo).

Diocese

Conforme o Concílio Vaticano II, é a porção do povo de Deus confiada a um bispo, para que a pastoreie em colaboração com o presbitério, de tal modo que, unida a seu pastor e por ele congregada no Espírito Santo mediante o Evangelho e a Eucaristia, constitua uma Igreja particular, na qual verdadeiramente está e opera a Una, Santa, Católica e Apostólica Igreja de Cristo (Christus Dominus, 11). É a população católica de uma região, integrada nas paróquias que a constituem.

Cúria diocesana / Centro de Pastoral

Pelo Código de Direito Canônico (cân. 469), a cúria diocesana (ou Arquidiocesana) consta dos organismos e pessoas que ajudam o Bispo no governo de toda a diocese, principalmente da ação pastoral, no cuidado da administração da diocese e no exercício do poder judiciário. Pela definição, pode se ver três dimensões dos serviços: ação pastoral direta, a administração da diocese e o exercício do poder judiciário (relativo a questões legais ou canônicas. Por exemplo, encaminhar um processo de nulidade matrimonial). As pessoas e as repartições da Cúria estão a serviço do Bispo em sua missão de pastor diocesano, mas têm um coordenador, que, pelo Direito Canônico, deve ser um padre, a quem "cabe, sob a autoridade do bispo, coordenar o que se refere ao despacho das questões administrativas e também cuidar que os outros funcionários da cúria cumpram devidamente o ofício que lhes foi confiado.
Por questão de espaço físico, a coordenação e os setores de pastoral podem estar em lugar diferente da parte diretamente administrativa. Podem estar num "centro de pastoral. Seria uma extensão da cúria. Na diocese de Erexim, os serviços diocesanos estão numa construção única, até já necessitando de mais espaço, especialmente de salas para reuniões e cursos, muitos deles realizados no Seminário. Esta construção leva o nome de Centro Diocesano de Pastoral e Administração.
Poderíamos valer-nos de uma comparação: o município tem a prefeitura com diversas secretarias num local único ou em diversos. Para falar com o prefeito, quitar certos impostos, obter certidão de "habite-se", lotação de imóvel, alvará para estabelecimentos comerciais ou outros, regularização de terrenos... o cidadão se dirige à prefeitur"a. Para falar com o bispo, tratar de questões administrativas e/ou pastorais relativas à Diocese, a pessoa se dirige à cúria diocesana.

Paróquia

O Documento da CNBB sobre a renovação paroquial, Comunidade de comunidades: uma nova paróquia, cita a definição de paróquia do Catecismo da Igreja Católica, segundo ao qual, ela é uma determinada comunidade de fiéis, constituída de maneira estável na Igreja particular (Diocese) e seu cuidado pastoral é confiado ao pároco, como a seu pastor próprio, sob autoridade do bispo diocesano (n. 164).
A definição é do Código de Direito Canônico (n. 515). Conforme o documento, dois elementos devem ser destacados: a comunidade de fiéis e a comunhão com a Igreja Particular - a Diocese. O documento continua a citação do Catecismo: a paróquia é o lugar onde todos os fiéis podem ser congregados pela celebração dominical da Eucaristia. A paróquia inicia o povo cristão na expressão ordinária da vida litúrgica, reúne-o nesta celebração, ensina a doutrina salvífica de Cristo, pratica a caridade do Senhor nas obras boas e fraternas. Concretiza assim as 4 características da comunidade descrita nos Atos dos Apóstolos (2,42ss): perseverança na fração do pão, na comunhão fraterna, nas orações e no ensinamento dos apóstolos.
Em alguns lugares, paróquias são confiadas a diáconos, a leigos e religiosos, nomeados como administradores paroquiais. Às vezes, um padre com encargo de âmbito diocesano ou com função de pároco de uma paróquia também é nomeado administrador paroquial de outra.

Secretaria paroquial

Como a diocese, a paróquia também tem seu "centro administrativo", seu "escritório", onde tratar assuntos relativos à vida paroquial: conversar com o padre, encaminhar batizado, crisma, primeira eucaristia, exéquias, pedir algum documento...

Catedral

Quando é criada uma Diocese, a igreja mais antiga da sede diocesana passa a ser a catedral. Vem de "cathedra", palavra latina que significa cadeira de quem ensina ou da qual alguém exerce o magistério ou o cargo de professor de ensino superior. No caso, a referida igreja se torna catedral porque nela fica a "cadeira" que simboliza a autoridade do bispo como mestre, profeta e liturgo e da qual ele preside a assembleia litúrgica e a comunhão na caridade. Na catedral, o bispo tem a sua cátedra de magistério e de condução pastoral da Diocese. É usada somente por ele. O pároco da catedral e outros padres presidem as celebrações de outra cadeira. E a paróquia da catedral é uma entre as outras da Diocese.

Matriz

A palavra vem do termo latino "mater", mãe. Em termos empresariais e comerciais, é a sede de uma empresa que criou, gerou suas filiais. Em termos de Igreja, se usa a palavra para designar a igreja, o templo, da sede paroquial. Na verdade, ela não criou outras igrejas ou comunidades para ser a mãe... Ela é uma igreja como as outras de uma paróquia. Até recebe um tratamento privilegiado. Porque a secretaria e residência do(s) padre(s), normalmente, estão junto a ela, nela há mais vezes missa durante a semana e sempre nos domingos. Por se falar sempre em matriz, acaba-se até sem mencionar o(a) padroeiro(a). Assim como se diz que o padre vai presidir missa na comunidade São ... de um bairro ou localidade rural, ele preside missa na igreja São ... da sede paroquial. Em termos jurídicos, a mitra diocesana (ver a seguir) é a "matriz" e as paróquias e entidades são filiais. Mas isto juridicamente.

Mitra diocesana

É uma expressão jurídica. A diocese ou arquidiocese, enquanto entidade, "sociedade particular", com seus membros e estatutos, é reconhecida juridicamente, perante o poder público, como Mitra Diocesana (ou Arquidiocesana) de Erexim ou de outro lugar. É o nome oficial sob o qual estão registradas as paróquias, comunidades, obras sociais, entidades diversas e seus bens. Tem seu número no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e cada paróquia ou entidade tem o mesmo número geral com seu complemento específico. Assim, escrituras, notas fiscais, qualquer documento contábil ou similar deve ser feito em nome de Mitra Diocesana de Erexim - Paróquia ... , número do CNPJ ....
Como tudo está sob o mesmo número, qualquer irregularidade de uma paróquia ou entidade da Diocese (cheque sem fundo, contas protestadas, tributos não recolhidos...) tem consequências para o conjunto.
A partir disso, com suas limitações, é claro, se poderia observar: para tratar de algum assunto pastoral, administrativo, para falar com o padre ou bispo, ninguém vai à mitra nem à paróquia. Não vai à mitra porque a mitra não tem lugar. Não vai à paróquia porque já mora nela. Vai para a cúria diocesana ou para a secretaria paroquial.

Bispo

É quem conduz uma diocese, por decorrência do que se diz dela: porção do povo de Deus confiada a um Bispo, para que a pastoreie em colaboração com o presbitério, de tal modo que, unida a seu pastor e por ele congregada no Espírito Santo mediante o Evangelho e a Eucaristia, constitua uma Igreja particular, na qual verdadeiramente está e opera a Una, Santa, Católica e Apostólica Igreja de Cristo (Documento do Concílio Vaticano II sobre os Bispos, nº 11).
Os bispos são sucessores dos apóstolos, formando o Colégio Apostólico, numa sucessão ininterrupta, presidindo, em nome de Deus, ao rebanho do qual são pastores, "como mestres da doutrina, sacerdotes do culto sagrado e ministros de governo". "Pela sagração episcopal, se confere (a eles) a plenitude do Sacramento da Ordem, que, tanto pelo costume litúrgico da Igreja como pela voz dos Santos padres, é chamada o sumo sacerdócio, o ápice do ministério sagrado", a ser exercido em "hierárquica comunhão com a cabeça (o Papa) e os demais membros do Colégio" (cfr Lumen Gentium, documento do Concílio Vaticano II sobre a Igreja, 18 a 21). Há Arcebispo, que conduz uma Arquidiocese, sede de uma Província Eclesiástica, formada por algumas dioceses próximas. Há bispo diocesano, pastor de uma diocese; bispo auxiliar, normalmente numa diocese territorialmente extensa ou de muitos habitantes, para ajudar o arcebispo ou o bispo diocesano em seus múltiplos ofícios; arcebispo e bispo coadjutor, em dioceses com situações peculiares, especialmente quando o arcebispo ou bispo diocesano está perto da idade limite ou apresenta problemas de saúde. Na vacância da Diocese ou Arquidiocese, por morte, transferência ou aceitação do pedido de renúncia de quem a conduz, o coadjutor assume automaticamente. Já o auxiliar, não. E há arcebispo ou bispo emérito, aquele cujo pedido de renúncia apresentado ao Papa, por limite de idade (75 anos) ou por problema de saúde ou de outra natureza, é aceito.
A escolha do bispo se dá a partir de indicações de nomes de padres em condições de sê-lo pelos bispos de cada Província Eclesiástica. A respeito de cada indicado, a Nunciatura Apostólica faz consultas sobre suas condições com padres, religiosos, leigos que possam opinar. Depois de diversas consultas, organiza uma lista com três nomes para a nomeação de um bispo auxiliar ou coadjutor ou diocesano e a envia ao Presidente da Congregação para os Bispos. Este a leva ao Papa para a sua escolha.
Em 2013, o número de bispos da Igreja Católica no mundo era 5.173. Em 31 de agosto de 2014, o Brasil tinha 455 bispos, sendo 260 diocesanos, 5 de rito oriental, 2 coadjutores, 37 auxiliares e 153 eméritos.

Administrador diocesano

Na vacância da Diocese, se a Santa Sé não nomear um Administrador apostólico, o colégio dos consultores (ver adiante) deve reunir-se dentro de oito dias e eleger, dentre os padres da Diocese e, se houver, bispo(s) auxiliar(es) um que vai conduzir a diocese na parte administrativa até a posse do novo bispo.

Administrador apostólico

Muitas vezes, na vacância da diocese, o Papa nomeia outro bispo para conduzi-la até a posse do novo bispo. Foi o caso de Chapecó em junho de 2014, para a qual foi nomeado Dom José Gislon para esta função, em vista da transferência do seu bispo. E é o de Passo Fundo, onde, atualmente o Bispo de Montenegro, Dom Paulo Antonio De Conto, exerce esta função, devido à aceitação do pedido de renúncia do seu Arcebispo.

Vigário geral

Função obrigatória em cada Diocese, para ajudar o bispo no seu ministério. Deve ser sacerdote com pelo menos 30 anos, doutor ou licenciado em direito canônico ou teologia ou perito nestes assuntos. Atua em nome do bispo nos atos administrativos, exceto os que o bispo tenha reservado para si. É o coordenador da Cúria Diocesana. Na Diocese com bispo coadjutor, deve ser ele o vigário geral.

Vigário episcopal

Conforme as necessidades da diocese, por extensão ou número de habitantes, o bispo pode nomear um vigário episcopal ou mais para determinada área ou setor (para os religiosos, para a educação...). Pode ser um padre ou o(s) bispo(s) auxiliar(es).

Chanceler

Não necessariamente padre, tem a função de cuidar que "os atos da Cúria sejam redigidos e despachados, bem como sejam guardados no arquivo da mesma". Tem função de secretaria. Outras pessoas, conforme a necessidade, participam da função e são designadas notárias.

Ecônomo

É quem administra os bens da diocese, sob a autoridade do Bispo. É bom observar que não administra a Diocese. Padre ou leigo, deve ser perito em economia e de comprovada honradez. Para nomeá-lo, o bispo deve ouvir o Colégio dos Consultores e o Conselho Econômico (ver adiante). Sua nomeação por cinco anos pode ser renovada por mais períodos. A cada ano, deve fazer a prestação de contas ao Conselho Econômico. Pelo Direito Canônico, cada Diocese deve ter seu ecônomo.

Coordenador de Pastoral

É responsável, por delegação do bispo, pela execução do Plano diocesano da ação evangelizadora, pela integração dos diversos setores e serviços de pastoral, com conotação de vigário episcopal.

Conselho de Presbíteros ou presbiteral

Grupo de padres, representando os outros, para ajudar o bispo na condução da diocese. Tem estatuto próprio que estabelece sua constituição e atribuições. Seus integrantes são nomeados pelo bispo. Podem ser natos (em vista da sua função), indicados pelas Áreas pastorais ou diretamente nomeados pelo Bispo. Na Diocese de Erexim, natos são três: o vigário geral, o coordenador de pastoral e o reitor do Seminário de Fátima. Indicados pelas Áreas são nove. Outros três são nomeados pelo Bispo.

Colégio dos consultores

Um grupo de padres do Conselho de Presbíteros, não menos de seis nem mais de doze, nomeados pelo bispo para cinco anos ou até que seja constituído um novo. Para determinadas decisões, o bispo deve ouvir este Colégio. Como foi dito, acima, na vacância da Diocese, compete-lhe escolher quem vai dirigi-la interinamente.

Conselho econômico

Cada diocese deve ter um Conselho econômico, constituído e presidido pelo bispo, com pelo menos três leigos, peritos em economia e direito civil e distintos pela integridade. Sua nomeação é para cinco anos, mas podem ser confirmados para outros períodos. Por este conselho devem passar os projetos de obras, planejamento de atividades administrativas, balancetes anuais, para as devidas decisões, em conformidade com o direito eclesiástico e civil. Paróquias e comunidades também devem tê-lo. Na Diocese de Erexim e na maioria das outras se insiste na característica de Conselho e não de diretoria nas Paróquias e comunidades. Naturalmente, não basta mudar o nome. É necessário mudar o jeito de ser e de atuar.

Conselho de Pastoral

Segundo o Direito Canônico, "seja constituído o conselho de pastoral, ao qual compete, sob a autoridade do bispo, examinar e avaliar as atividades pastorais na diocese e propor conclusões práticas sobre elas." É integrado por padres, membros de institutos de vida consagrada e principalmente leigos, designados de acordo com o modo indicado pelo bispo. Na Diocese de Erexim se insiste no Conselho de pastoral nos três níveis, diocese, paróquia e comunidade.

Pároco

Também dá para se ter sua conceituação a partir da definição de Paróquia - comunidade de fiéis, constituída de maneira estável na Igreja particular (Diocese) e seu cuidado pastoral é confiado ao pároco, como a seu pastor próprio, sob autoridade do bispo diocesano. Segundo o documento do Concílio Vaticano II sobre a Igreja, em espírito missionário e com a participação de leigos, deve cumprir o ofício de ensinar, santificar e reger de tal modo que os fiéis e as comunidades paroquiais se sintam realmente membros seja da diocese seja da Igreja universal.

Vigário Paroquial

É o padre designado para exercer seu ministério numa Paróquia junto com seu pároco.

Administrador paroquial

o padre nomeado para conduzir uma paróquia que esteja sem o pároco por transferência, morte ou algum impedimento do mesmo. Caracteriza-se por ser transitório e por ter funções limitadas. Em alguns lugares, pela falta de padres, diáconos, religiosos/as e leigos/as são nomeados para esta função. Eventualmente recebem o ministério de batizar e presidir casamentos como testemunhas qualificadas.