Galeria de Fotos

Pe. Ivacir Franco presidiu missa de ação de graças por seus 25 anos de ministério presbiteral na noite do dia primeiro de março (2018), na igreja São Luiz Gonzaga de Gaurama, onde é Pároco, com a participação de Dom José, que lhe passou a presidência da celebração, de Dom Girônimo, de 27 padres, 4 diáconos, religiosas, muitos ministros, familiares e membros das comunidades daquela Paróquia e de outras nas quais ele trabalhou.

Dom José, em sua homilia, lembrou o tempo da quaresma com a Campanha da Fraternidade sobre a superação da violência pela cultura da paz. Referiu-se à missão do padre de médico das almas que deve ter os olhos atentos à dor e ao sofrimento físico que atinge o povo de Deus, na sua peregrinação para a casa do Pai. Citou como paradigma desta dupla dimensão o evangelista São Lucas. Pela tradição, era médico e soube abraçar a sua caminhada de fé conciliando o anúncio do Evangelho, sem deixar de cuidar da dor física daqueles que estavam abandonados à beira do caminho. Da leitura do profeta Jeremias, ressaltou que o ser humano não pode confiar nas próprias forças. Precisa contar com a graça divina. Do evangelho da missa, a parábola do pobre Lázaro e do rico esbanjador, enfatizou que o pecado deste não estava ligado à sua riqueza, mas à sua insensibilidade e falta de solidariedade ativa para com o faminto e chagado à porta de sua casa. Depois da morte, clamava por uma gota d’água para aliviar os sofrimentos das chamas em que se encontrava. Disso o bispo concluiu que todos podem oferecer esta gota d’água do consolo e da ajuda às vítimas da violência e de outros males. Dirigindo-se ao jubilar, destacou: Deus concedeu-te o dom de cuidar da saúde espiritual, mas também física de tantas pessoas que encontraste nas comunidades, ou que vieram à tua procura para receberem ajuda, confiando em ti porque és um sacerdote da Igreja Católica, homem de Deus, que sente compaixão pelos lázaros que batem à porta e pedem ajuda. Mesmo sabendo das tuas limitações de ser humano, continuas oferecendo, como sacerdote, o Pão da Palavra, o Pão da Eucaristia e o pão da medicina, para alimentar a caminhada de fé da alma, a esperança da cura do corpo para os irmãos e irmãs que peregrinam neste mundo, mas querem contemplar o rosto da misericórdia do Pai em sua glória.

Após sua reflexão, Dom José convidou Pe. Ivacir a renovar os compromissos assumidos na ordenação presbiteral há 25 anos.

Antes da bênção final, Pe. Ivacir foi saudado pelo Pe. Milton Mattia, de Três Arroios, e por Celso De Césaro, coordenador do Conselho Econômico da Paróquia de Gaurama.

Pe. Milton falou pela Pastoral Presbiteral. Recordou que foi pároco de Cotegipe, Paróquia de origem do jubilar. Ressaltou que numa celebração festiva como a do dia se dá graças a Deus pelo dom da vida que nos concede e por tudo o que se pode realizar colocando-a a serviço dos outros. O jubilar tem a alegria de estar assim vivendo e sua felicidade é a de toda a família presbiteral.

Celso De Césaro manifestou a alegria da Paróquia em ter o Pe. Ivacir como Pároco e pelas muitas iniciativas que vem desenvolvendo. Recordou que a Paróquia já está em preparação da celebração dos seus 100 anos de criação. Parabenizou o jubilar, que recebeu especial lembrança pela data.

Por fim, o próprio jubilar expressou seus agradecimentos a muitas pessoas, destacando um padre e os seus padrinhos de ordenação. O padre em referência é Sidnei da Silva Grudzien, de Porto Alegre, em cuja paróquia atuava como seminarista e de quem recebeu muita ajuda financeira para custear as despesas de seus estudos. Os padrinhos de ordenação são Henrique Lando (em memória) e sua esposa Lurdes e Angelo e Nilva Balvedi, benfeitores das vocações.

Após a bênção dada pelos Bispos e padres, muitos dos participantes da celebração dirigiram-se ao salão para o jantar de confraternização.

Dados Biográficos

Pe. Ivacir é o terceiro dos 4 filhos de Desidério e Nailde Marmentini Franco, residentes na Linha Bela Vista, município e paróquia da Barra do Rio Azul, que antes pertencia ao município e paróquia de Barão de Cotegipe. Nasceu no dia 06 de março de 1963. Estudou na escola do primário de sua comunidade, do antigo ginásio no Povoado sérvia. Fez o segundo grau no Seminário de Fátima, Filosofia no Seminário de Viamão e Teologia no Instituto de Teologia de Passo Fundo. Foi ordenado padre no dia 30 de janeiro de 1993, na igreja N. Sra. do Rosário de Barão de Cotegipe. Tem também Especialização e  Pós-graduação em Bioética e Pastoral da saúde pela faculdade camiliana de São Paulo; Pòs-graduação em Ensino Livre de Parapsicologia em Instituto de Florianópolis, SC. Tem diversos livros publicados na linha de remédios fitoterápicos.

Como padre, exerceu as seguintes funções:

-   06/02/1993: Vigário Paroquial – Estação

-   1994: Vigário Paroquial em Getúlio Vargas

-   18/02/1995: Pároco da Paróquia S. Roque – Benjamim Constant

-   01/02/1998:  À disposição da 15ª Delegacia de Educação em Erechim, para um projeto de saúde a partir de plantas medicinais, por um ano;

-   1998 – fevereiro a dezembro – Residia na casa paroquial de Paulo Bento, auxiliando na Paróquia, mas a disposição da 15ª Delegacia de Educação;

-   04/12/1998: nomeado Vigário paroquial em Campinas do Sul, com residência em Campinas;

-   Cumulativamente exercerá o ofício de Vigário paroquial em Entre Rios do Sul, onde assumiu no dia 23/01/1999. Atenderá ambas as Paróquias, juntamente com o Pároco de Campinas do Sul e Administrador em Entre Rios do Sul;

-   19/03/2000: Toma posse como Vigário paroquial de Getúlio Vargas.

1995: Pároco da Paróquia São Roque – Benjamim Constant;

1998: Liberado para a 15ª CRE para um projeto de saúde a partir de plantas medicinais e auxiliar da Paróquia de Paulo Bento;

1999: Vigário paroquial de Campinas do Sul e Entre Rios do Sul;

2000 a 2002: Vigário paroquial de Getúlio Vargas;

2003 a 2016: Pároco da Paróquia de Erval Grande.

2016------: Pároco de Gaurama.