Informativos Paroquiais

INFORMATIVO da PARÓQUIA  NOSSA SENHORA DOS NAVEGANTES
CAMPINAS DO SUL – RS   
23 de JUNHO de 2018


Mensagem da Liturgia Dominical -  Lc 1,57-66.80
A liturgia deste domingo nos convida a celebrar a solenidade do Nascimento de São João Batista, cuja vida está toda orientada para Cristo, como a da mãe d'Ele, Maria. João Batista foi o precursor, a "voz" enviada para anunciar o Verbo encarnado. Por isso, comemorar o seu nascimento significa na realidade celebrar Cristo, cumprimento das promessas de todos os profetas, dos quais João Batista foi o maior, chamado para "preparar o caminho" diante do Messias (cf. Mt 11, 9-10).
Todos os Evangelhos iniciam a narração da vida pública de Jesus com a narração do seu batismo no rio Jordão por obra de João Batista - acontecimento que teve grande ressonância no seu tempo. De Jerusalém e de todas as partes da Judeia o povo acorria para ouvir João Baptista e fazer-se batizar por ele no rio Jordão, confessando os próprios pecados (cf. Mc 1, 5). A fama do profeta batizador cresceu a tal ponto que muitos perguntavam se era ele o Messias. Mas ele dizia que não: “Eu não sou o Messias, mas fui enviado adiante d’Ele… É necessário que Ele cresça e eu diminua” (Jo 3,27-30). 
João Batista permanece a primeira "testemunha" de Jesus, tendo recebido a indicação do Céu: "Aquele sobre Quem vires o Espírito descer e permanecer é que batiza no Espírito Santo" (Jo 1, 33). Isto acontece precisamente quando Jesus, tendo recebido o batismo, saiu da água: João viu descer sobre Ele o Espírito como uma pomba. Foi então que "conheceu" a plena realidade de Jesus de Nazaré, e começou a dá-lo a "conhecer ao povo de Israel" (Jo 1, 31), indicando-o como Filho de Deus e redentor do homem: "Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo" (Jo 1, 29).
De profeta autêntico, João deu testemunho da verdade sem condescendências. Denunciou as transgressões dos mandamentos de Deus, também quando os protagonistas eram os poderosos. Assim, quando acusou de adultério Herodes e Herodíades, pagou com a vida, selando com o martírio o seu serviço a Cristo, que é a Verdade em pessoa. 
Invoquemos a sua intercessão, juntamente com a de Maria Santíssima, para que também nos nossos dias a Igreja saiba manter-se sempre fiel a Cristo e testemunhar com coragem a sua verdade e o seu amor a todos.
Somos convidados por São João Batista a deixarmos Jesus crescer em nós. Foi este o seu brado diante do Messias: é preciso que Ele cresça e eu diminua (Jo 3,30). O exemplo de São João Batista chama os cristãos “converter-nos, a testemunhar Cristo e anunciá-lo todo o tempo.  Deixemos que a Luz testemunhada por São João Batista conduza nossa vida. 
Que São João Batista interceda por nós. Interceda de forma especial por nossa fé, para que saibamos, como ele soube e testemunhou, acolher Jesus Cristo em nossos corações, o Cordeiro de Deus que veio nos redimir!

PROGRAMAÇÃO PAROQUIAL DA SEMANA: 
Sábado, 23 de junho:  às 14h, missa na comunidade Santa Teresinha, Carafá. E às 18h, missa na igreja matriz. 
Domingo, 24 de junho:  às 9h, missa na igreja matriz. E às 10h30, missa e festa na comunidade de Santa Catarina.
Sexta-feira, 22 de junho: às 15h, Terço da Misericórdia, na igreja matriz. 
Sábado, 30 de junho:  às 18h, missa na igreja matriz. 
Domingo, 1º de julho:  às 9h, missa na igreja matriz. 

Dia para a Caridade do Papa:  "Coleta do Óbolo de São Pedro"
Realiza-se em toda a Igreja, no domingo, 1º de julho, Solenidade dos Santos Pedro e Paulo, o Óbolo de São Pedro, conhecido também como o 'Dia para a Caridade do Papa'. Nesse dia será feita uma coleta em todo o mundo católico para as obras caritativas da Santa Sé, impulsionados por este convite: “Vamos ajudar Pedro a ajudar os pobres”. 
Todas as comunidades de Campinas do Sul também fazem esta coleta no dia 1º de julho. Vamos viver este simples gesto como um ato de amor ao Papa. Vamos também fazer acompanhar esta coleta com nossa oração pelo Papa Francisco. A oração é uma caridade que o Santo Padre não se cansa de pedir a todos aqueles com os quais se encontra. Vamos realizar este gesto simples, capaz de unir concretamente todos os fiéis ao Sucessor de Pedro, ajudando o Papa a aumentar a sua caridade, aquela caridade que em razão de seu ministério abraça a Igreja e o mundo inteiro. Ajudar Pedro a ajudar os pobres. Esse é um ato de amor ao Papa e à Igreja. 

Visita Pastoral:  neste ano, a visita pastoral de nosso Bispo será diferente da primeira onde percorreu a cada ano, todas as comunidades e escolas das paróquias de uma Área Pastoral. No ano de 2018, a visita será um encontro do Bispo, acompanhado de colaboradores da Cúria Diocesana e do Coordenador de Pastoral e/ou setores pastorais, com todas as lideranças de cada comunidade da paróquia, para expor aspectos pastorais, administrativos, jurídicos e contábeis. 

Em nossa paróquia será no dia 12 de julho, às 19h, no Salão Paroquial, em Campinas do Sul...
Lideranças que devem participar: Todo o grupo do Conselho Econômico,Ministros, Catequistas,Zeladoras,Coordenadores de Pastorais, de Movimentos Eclesiais... (do Rosário Perpétuo, do Apostolado, dos Grupos de Famílias...), Coordenadores de Grupos de Liturgia ou equipes de liturgia e cantos (músicos), do Esporte...

Visita às comunidade  no mês de  julho 2018
Dia do mês, Dia/Semana, Horas Comunidade
03 de julho, Terça-feira,  14h, Na. Sra. do Monte Claro - Rio Liso
03 de julho, Terça-feira,  19h,  São Caetano - Boi Branco
04 de julho, Quarta-feira, 14h Na. Sra. de Lourdes - Cruzaltense
05 de julho, Quinta-feira, 14h São Bonifácio - Coxilha Seca
05 de julho, Quinta-feira, 19h Na. Sra. das Graças - Santa Cruz
07 de julho, Sábado, 14h Na. Sra. do Caravágio - Linha Progresso
07 de julho, Sábado, 19h30, Santo Antônio - Cruzaltense - entrega do Menino Jesus
11 de julho, Quarta-feira, 14h, Santa Lucia - Creoula
11 de julho, Quarta-feira, 19h, Bairro São Vicente
12 de julho, Quinta-feira, 19h, VISISTA  PASTORAL  DO  BISPO
14 de julho, Sábado, 14h, Santa Teresinha - Carafá
15 de julho, Domingo,  10h30, Na. Sra. do Carmo - Canarinho - Festa da Padroeira
17 de julho, Terça-feira,  14h, São Roque
18 de julho, Quarta-feira, 14h, Na. Sra. das Graças - Princesa Isabel
18 de julho, Quarta-feira, 19h30, Santo Antônio - Cruzaltense
19 de julho, Quinta-feira, 14h, Santa Catarina
19 de julho, Quinta-feira, 19h, São José - Lajeado Ipiranga
22 de julho, Domingo,  10h30, São Paulo - festa da comunidade
26 de julho, Quinta-feira, 14h, Na. Sra. de Lourdes - São Pedro
28 de julho, Sábado, 15h, Bairro São Francisco
29 de julho, Domingo,  10h30, Festa do Padroeiro São Cristóvão - Linha Celuppi
31 de julho, Terça-feira, 14h, São Francisco - Linha Dez


Dízimo: Gratidão a Deus e Compromisso com a Comunidade
Olhando o calendário civil, percebemos que já estamos chegando na metade do ano. 
Você é convidado a perceber quantas coisas, quantos dons você recebeu gratuitamente de Deus neste tempo. Saiba reconhecer os imensos benefícios recebidos, agradecendo-os a Deus.
Com relação ao dízimo, verifique sua situação junto à sua comunidade.
Não deixe o ano avançar sem agradecer a Deus o que você dele recebeu.
Dízimo é devolver a Deus um pouco de tudo o que recebemos dele.
Um coração é grande quando sabe agradecer.
E, chegando a metade do ano da atividade evangelizadora em nossa paróquia queremos dizer que sua contribuição neste período foi muito importante para que nossa paróquia pudesse evangelizar.  
E com muita alegria, queremos dizer: "OBRIGADO" por você ser um dizimista consciente.....  Obrigado por você devolver a Deus, por meio da comunidade, uma parte do que você tem, consciente de que tudo pertence a ELE.  Mais uma vez, obrigado por sua generosidade. 
O Dízimo, pois, é uma resposta de fé, confiança e gratidão! 
Senhor, fazei de mim um dizimista consciente, alegre e generoso.

Baixar Arquivo