Fundação Vaticana Família de Nazaré celebra 160 anos da primeira aparição de Lourdes

Data:   14-02-2018



Fundação Vaticana Família de Nazaré celebra 160 anos da primeira aparição de Lourdes

As duas entidades pretendem restituir dignidade à família em seu papel imprescindível de acolhimento e edificação do humano integral.

A Fundação Vaticana “Centro Internacional Família de Nazaré” recordando os 160 anos da primeira aparição da Imaculada Conceição em Lourdes, assinou um acordo com o Hospital Nossa Senhora de Lourdes para uma nova e duradoura colaboração a partir de abril deste ano, no campo da formação e acompanhamento espiritual dos voluntários do hospital e das famílias peregrinas.

As duas entidades pretendem restituir dignidade à família em seu papel imprescindível de acolhimento e edificação do humano integral. A colaboração incidirá nos projetos destinados a aumentar a sensibilidade em relação ao tema da família, dar respostas humanas e espiritualmente apropriadas às famílias marcadas pelo sofrimento.

Nesses anos, a fundação trabalhou pela concretização de uma estratégia voltada a criar uma rede internacional de centros que valorizem o serviço à família sob diversas perspectivas. Lourdes foi escolhida em torno do binômio: “Família e sofrimento”.

O primeiro projeto desta colaboração prevê na primeira fase a experimentação e aperfeiçoamento das atividades de acolhimento das famílias nas piscinas. A segunda fase diz respeito à formação dos voluntários e animadores que cuidam do acolhimento das famílias acompanhadas pelos filhos, à luz da Exortação apostólica “Amoris Laetitia” do Papa Francisco.

“Estamos felizes de aperfeiçoar este acordo com o Hospital de Lourdes, instituição histórica que faz muito bem e que conta com voluntários provenientes de várias partes do mundo. Lourdes pode ser considerada não somente capital mariana, mas também lugar privilegiado para as famílias que precisam ser acompanhadas e evangelizadas a partir do grande e desafiador tema do sofrimento humano”, disse o presidente da fundação, Salvatore Martinez.

“O nosso compromisso inclui também as crianças e a possibilidade de fazer com que façam uma experiência espiritual junto com os seus pais. Desta maneira, a mensagem de Bernadete de Soubirous será para eles familiar e praticável. As famílias precisam de unidade e o sofrimento é uma provação que muitas vezes divide. Queremos investir no amor dentro das famílias a fim de transformar um lugar de peregrinação tão desejado como Lourdes uma ocasião maravilhosa para redescobrir a fé e a beleza do Evangelho da família entre as gerações”, concluiu.

Fonte: Rádio Vaticano