Voz da Diocese

A luz da esperança
06/01/2018

Estimados Diocesanos! Depois das celebrações das festas de Natal e Ano Novo, celebradas segundo o espírito de fé, ou as tradições e superstições tão presentes na vida da sociedade brasileira, em que somos bons em fazer projetos e traçar propósitos ambiciosos, carregados de sentimentalismos, que se esvaem como fumaça ao vento depois de alguns dias ou algumas semanas, começamos a viver 2018.

Traçar um projeto de mudança de vida requer certa dose de disciplina, de autoconfiança e perseverança, mesmo correndo o risco de ver esmorecer o ardor dos primeiros passos, ou dos primeiros dias, a esperança de poder ver o esplendor da luz da conquista e da vitória no horizonte de cada amanhecer ou do entardecer vai alimentar as tuas forças, estimado irmão e irmã, ajudando-te a perseverar na caminhada.

As Sagradas Escrituras falam que os Magos do Oriente foram até Jerusalém, para encontrar o rei dos judeus que acabava de nascer. Seguindo uma estrela (Mt 2,1-2), percorreram um longo caminho para adorá-lo. A estrela que iluminou o caminho feito pelos Magos não foi percebida em Jerusalém. Os Magos eram homens que buscavam com sinceridade a luz da verdade, a luz do mundo, Cristo Jesus, deixando de lado a luz das vaidades, que dominava a vida de Herodes, impedindo-o de ver, contemplar e adorar a verdadeira Luz.

Os Magos nos ensinam a não termos medo de nos colocarmos a caminho para irmos ao encontro do Senhor, mesmo se, às vezes, tenhamos que mudar de direção, trilhando uma longa e fatigante jornada de conversão, para podermos chegar ao objetivo.

Destes homens sábios que souberam conservar a simplicidade de uma criança, manifestada no encontro com a “criança”, podemos aprender a percorrer um caminho de discípulos, que se alegram pela presença e pelo encontro com o Mestre, na Manjedoura, na Cruz e na Eucaristia. 

A viagem mais difícil para muitos, talvez, não seja aquela de atravessar as escaldantes areias dos desertos para encontrar a “Luz”, mas enfrentar a viagem interior, o caminho que passa pelo coração, seguindo a estrela que brilha através do amor compaixão.

Tende todos um bom domingo 

+ Dom José Gislon - Bispo Diocesano de Erexim.

- Dom Frei José Gislon