Voz da Diocese

A Luz das luzes
02/12/2018

Estimados Diocesanos! Com este primeiro domingo do Advento, iniciamos a preparação “interior” para a celebração da festa do Natal. Podemos dizer que é um tempo de espera, mas não esperamos sozinhos, porque o Santo Natal tem uma forte mensagem de vida, de paz e fraternidade, marcada pelo amor de Deus, que toca o coração de todas as pessoas, fazendo irradiar no mundo uma corrente do bem, marcada pelo amor solidariedade.

Quando falamos em festa, pensamos logo como iremos nos apresentar diante dos convidados que nela iremos encontrar. O Advento é este tempo de preparação para participarmos da festa do Natal, mas a nossa preocupação não deveria ser em primeiro lugar com o nosso exterior, mas sim com o nosso interior. Às vezes, manifestamos uma exagerada preocupação em iluminar a casa e o jardim, que é muito bonito, e naturalmente contribui para lembrar que “Jesus” é a luz do mundo. Mas corremos o risco de deixar na escuridão o nosso coração, porque temos medo de abrir suas portas e janelas para que entre a luz do amor, da paz, da esperança, da justiça e da caridade, que nos faz ver o “rosto” do Menino que nasceu em Belém no rosto das crianças, jovens e idosos que vivem em situações de exclusão social.

O tempo de Advento, vivido na espera para celebrar a festa do Natal, faz sonhar as crianças, mas faz aflorar também nos nossos corações de adultos recordações que marcaram a nossa vida no contexto familiar e comunitário, quando celebrávamos o Natal à luz de lamparina de querosene, nas famílias e nas comunidades. Pode-se dizer que faltava claridade no ambiente, mas sobrava o brilho luminoso nos olhos e no coração pelo “mistério” que se estava celebrando.

Querido irmão, querida irmã, gostaria de te fazer uma pergunta, mas não quero saber a resposta, porque esta tu vais dar ao Senhor, a partir do agir do teu coração. Qual é o gesto de amor que tu vais fazer neste tempo do Advento, que fala da presença do Senhor Jesus na tua vida? O teu gesto de solidariedade e amor pode fazer a diferença na vida de uma ou de muitas pessoas. Tu podes, através do teu gesto de solidariedade, ajudar a manter viva a mensagem de amor, paz e esperança do Santo Natal.

Tende todos um bom domingo.

+ Dom José Gislon - Bispo Diocesano de Erexim

- Dom Frei José Gislon