Notícia

Assassinado sacerdote que tentou evitar um assalto após celebrar Missa

Padre José Manuel de Jesús Ferreira, pároco do Santuário Eucarístico "São João batista", de San Carlos (Venezuela), foi assassinado no dia 20 de outubro depois de celebrar a Missa, ao tentar evitar o assalto a um de seus paroquianos.

O Bispo de San Carlos, Dom Polito Rodríguez, informou em 21 de outubro em um comunicado que o assassinato ocorreu do lado de fora da residência do sacerdote de 39 anos, “depois de oficiar a Eucaristia em privado com alguns fiéis, por razões da situação de Covid-19”. Também informou que os paroquianos foram testemunhas do trágico acontecimento.

“Quando estavam se despedindo, o assaltante segurou uma das pessoas, e o padre interveio para ajudá-la, recebendo um tiro no peito que perfurou seu coração”, informou a Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (ACN) em um comunicado de 21 de outubro.

O Bispo de San Carlos disse que as autoridades competentes já estão realizando seu trabalho e que deixam "nas mãos de Cristo Juiz e Senhor este acontecimento".

“Irmãos, a fé nestes momentos nos sustenta, é verdade que a tristeza e a dor nos embargam, mas sobretudo confiemos no Senhor, porque dele viemos e para Ele nos dirigimos”, acrescentou.

A ACN, por sua vez, expressou “enorme tristeza e consternação” diante deste crime, especialmente porque Pe. Ferreira era um dos seus parceiros de projetos.

“Por ocasião das duas últimas viagens à Venezuela, ACN visitou Pe. José Manuel, a quem apoiou na reconstrução do teto do santuário. O jovem sacerdote deixou uma marca indelével como sacerdote entregue ao seu povo, profundamente missionário e com grande amor pela Eucaristia”, destacou.

A fundação ressaltou que, “até o fim de sua vida”, viram “nele um exemplo de amor à Eucaristia e de dedicação aos outros”. “No entanto, dói-nos que neste momento em que a Venezuela tanto necessita de seus sacerdotes, este jovem sacerdote de 39 anos tenha sido vítima da violência que há anos atinge o país”, acrescentou.

ACN assinalou que “se une em oração pelo descanso eterno do presbítero” e enviou as suas mais profundas condolências ao Bispo de San Carlos, aos pais e irmãos do sacerdote, bem como a todos os paroquianos.

Fonte: ACIDigital