Notícia

Pe. Carlos Pontel passa da Paróquia Santa Ana para a de N. Sra. Medianeira

Depois de trabalhar 4 anos na Paróquia dedicada à Mãe de Jesus, Santa Ana, de Carlos Gomes, Pe. Carlos Pontel passa a trabalhar na Paróquia N. Sra. Medianeira, da Barra do Rio Azul, um dos títulos daquela que deu Cristo ao mundo por obra do Espírito Santo. Ele foi oficializado na função por Dom José, em missa na noite deste sábado, festa da Apresentação de Cristo ao Templo, popularmente designada N. Sra. dos Navegantes. Além do Pe. Carlos, outros 5 padres concelebraram a missa, um deles aquele o precedeu por 8 anos na Barra do Rio Azul, Pe. Nelson Caetano Longo, que assumirá a função de Vigário Paroquial de Barão de Cotegipe.

No início da homilia, Dom José agradeceu ao Pe. Nelson pelo trabalho realizado na Paróquia N. Sra. Medianeira, com seu jeito simples, humilde e fraterno. Desejou ao Pe. Carlos um ministério frutuoso, testemunhando Cristo Sumo Sacerdote e Pastor, junto àquela comunidade, marcada por grande fé, que conserva o legado de marcante vida cristã dos antepassados. Depois, a partir das leituras bíblicas do domingo, refletiu sobre o aspecto profético da vocação de Jeremias, de Cristo e de todo o cristão. Destacou a exortação de Deus a Jeremias de não ter medo porque estaria com ele. Mesmo rejeitado, ameaçado de morte, ele permaneceu fiel até o fim, Jesus, que se apresenta como profeta que veio para realizar tudo o que a respeito dele dizia a Sagrada Escritura, curou as enfermidades do corpo e do espírito dos que tinham fé. Convidou a todos a se perguntarem se conhecem, proclamam e testemunham a Palavra de Deus, se praticam a caridade, que dá sentido a tudo, conforme a segunda leitura dominical. Ressaltou também que a origem da vocação está em Deus que ama a cada pessoa antes do próprio nascimento. Insistiu na necessidade de contínuo crescimento no seguimento de Cristo, sem buscar novidades e modismos, mas aprofundando a Palavra de Deus, a exemplo de Nossa Senhora. Concluiu sua reflexão enfatizando que ninguém tenha medo de seguir Cristo e realizar sua vocação com amor, generosidade e dedicação.

Na sequência do rito de oficialização de Párocos, o Bispo convidou Pe. Carlos a renovar suas promessas sacerdotais e lhe entregou os símbolos de sua função, a Bíblia, a estola e a chave do Sacrário. Exortou-o a ajudar o povo a conhecer e a viver a Palavra de Deus, a ser misericordioso como Deus o é com ele, a alimentar a vida do povo e a sua com o Pão da Palavra e o da Eucaristia.

No final da celebração, saudaram o novo Pároco e agradeceram ao que deixava a Paróquia Valcir José Bagatini, em nome de toda a comunidade, Ellen Grando, em nome do Conselho Econômico e o Prefeito Municipal, Marcelo Arruda. Pe. Nelson, que se despedia da comunidade, agradeceu a colaboração recebida em seus 8 anos na Paróquia, pediu escusas por eventuais falhas e assegurou que leva a todos na sua lembrança. Pe. Carlos, por sua vez, agradeceu a receptiva acolhida recebida e declarou que procuraria realizar sua missão com total disponibilidade, contando com a participação de todos.