Paróquia

Sagrado Coração de Jesus - Paulo Bento

Pároco: Pe.Gilson Samuel, desde 26/01/2014

HISTÓRICO DA PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS DE PAULO BENTO

 Em maio de 1933 foi criado o 11º Distrito de Erexim, com sede em Paulo Bento. Somente 10 anos depois, em 24 de junho de 1943, foi criada a Paróquia Sagrado Coração de Jesus, por Dom Antônio Reis, Bispo de Santa Maria.

O Padre Paulo Chiaramonte, 1º Pároco, tomou posse no dia 02 de junho do mesmo ano.

No ano de 1942, conforme documento do Padre Benjamim Busatto, na Sede Paulo Bento, como era conhecida, havia 04 capelas. E com base nestas comunidades, foi criada a Paróquia. São as seguintes:

·      Capela Sagrado Coração de Jesus da Sede do Distrito;

·      Capela Nossa Senhora das Dores do Chapadão;

·      Capela Santo Antônio do Rio Erechim;

·      Capela São Paulo da Linha Carreteiro.

No início, com 07 comunidades, ou seja, mais as capelas de:

·         São Marcos da Linha Quatro;

·         São Paulo do Povoado Berto;

·         Nossa Senhora dos Navegantes do Lageado Grande, hoje Ponte Preta.

As duas primeiras, pertenciam à Paróquia de Barão de Cotegipe e a última à Paróquia de Jacutinga. Paróquias que foram criadas alguns anos antes.

No decorrer dos anos, mais 07 comunidades passaram a integrar a nova Paróquia, algumas delas vindas como oratórios, num total de 14 comunidades, incluída a Matriz.

·         Capela São João Batista de Quatro Irmãos;

·         Capela Santo Antão do Povoado Tartas;

·         Capela São Braz do assentamento São Brás;

·         Capela Santo Antonio, de Linha 5, Lageado Grande;

·         Capela Nossa Senhora das Graças da Linha Campestre (no início como oratório);

·         Capela Nossa Senhora da Salete da Linha Pinhal (no início como oratório);

·         Capela São Benedito da Linha Três (no início como oratório).

Em 1978, já com a Diocese de Erexim, as Capelas de Nossa Senhora dos Navegantes, de Ponte Preta e Santo Antônio da Linha 5, passaram para a Paróquia de Jacutinga. A Capela de São Paulo, do Povoado Berto passou para a Paróquia de Barão de Cotegipe.

No período do Pároco Padre Gabriel Zucco, as Capelas de São Benedito da Linha 3 e São Paulo do Carreteiro, foram desativadas.

A Capela São Francisco da Linha Gramado, mesmo estando dentro da área geográfica da Paróquia Sagrado Coração de Jesus de Paulo Bento, nunca fez parte da mesma. As razões são desconhecidas e era motivo de queixa por parte do Pároco Padre Paulo Chiaramonte. As capelas do Lajeado Henrique e de São Giareta que estão dentro dos limites do município de Paulo Bento não são citadas nos registros da Paróquia.  

Hoje a Paróquia conta com 09 comunidades, incluindo a Matriz, mais um Oratório, uma Gruta e aproximadamente 911 famílias atuantes.

Na comunidade São João Batista de Quatro Irmãos, por ser uma sede municipal, tem se dado um atendimento especial e ativo com missas semanais, realização de reuniões das diversas pastorais e do Conselho Econômico, atendimento presencial semanal, realização de Sacramentos (Batismo, Eucaristia e Crisma), visitação e bênçãos de casas/famílias, visitação regular de doentes em especial na Páscoa e no Natal, construção de um novo salão comunitário, projeto de repaginação interna da Igreja (paralisado devido a pandemia da Covid -19), entre outras atividades, considerando uma comunidade com funcionamento de paróquia. 

O êxodo rural, as famílias menores e outras fatores, tornaram pequenas a maioria das comunidades do interior. Ao mesmo tempo, em que na Matriz cresce aceleradamente, criando novos desafios no processo de evangelização e de organização comunitária.

 A Primeira Igreja

Conforme consta no Livro do Padre Antonio Valentini Neto “Dados Históricos da Diocese de Erexim e Região” – Anexo 3, a primeira Igreja construída na Vila de Paulo Bento, foi em 1925. Depois houve outra bela Igreja de madeira, demolida em 1964.

Certamente, antes dessas duas existiu um pequeno Oratório na Vila.

A maioria dos moradores que aqui chegaram, vindos das “Terras velhas”, eram católicos. Junto trouxeram a devoção a muitos Santos, entre eles Assunção de Nossa Senhora e São Roque, tradicional festa de Agosto, desde bem antes da criação da Paróquia.

A atual Igreja é a 3ª e foi inaugurada em 15 de agosto de 1965, por Dom Cláudio Coling, Bispo de Passo Fundo. Inaugurada na Festa de São Roque, dias antes da histórica nevada de 1965.

Os párocos da paróquia Sagrado Coração de Jesus

1.    Padre Paulo Chiaramonte – de 02/07/1943 a 15/02/1947

2.    Padre Pedro Argemiro Della Méa – de 16/02/1947 a 27/06/1948 e 12/05/1963 a 01/01/1973

3.    Padre Laurentino Tagliari – de 01/08/1948 a 05/02/1950 e 18/02/1951 a 22/02/1953

4.    Padre Júlio Marim – de 05/02/1950 a 18/02/1951

5.    Padre Ludovido R. Redim – de 22/02/1953 a 12/05/1963

6.    Padre Pedro Estevão  Mazzochi – de 01/01/1973 a 22/02/1975

7.    Padre Valentim Nowaski – de 23/02/1975 a 02/02/1986

8.    Padre José Kuzminski – de 02/02/1986 a 29/01/1989

9.    Frei Jesus Antônio – de 29/01/1989 a 21/01/1990

10. Padre Antônio Vitório Corso Tamagno – de 21/01/1990 a 06/01/2002

11. Padre Gabriel Zucco – de 06/01/2002 a 20/02/2011

12. Padre Carlos Pontel – de 20/02/2011 a 26/01/2014

13. Padre Gilson Samuel – de 26/01/2014 até ....

Dois deles, Padre Pedro Argemiro Della Mea e Padre Laurentino Tagliari, foram Párocos duas vezes.

O Padre Eulino Bortolanza, foi pároco Cooperador do Padre Dalla Méa, no período de 01/09/1972 a 01/01/1973, o Padre Ivacir Franco, foi Vigário Paroquial do Padre Antônio Tamagno, no período de 04/02/1998 a 06/12/1998 e o Padre Geraldo Moro, foi Administrador Paroquial, no período de 17/08/1996 a 02/03/1997.

 “Jesus manso e humilde de coração, fazei o nosso coração semelhante ao Vosso”!

 Paulo Bento, 18 de março de 2021.

 Fontes: Livro Tombo da Paróquia

VALENTINI NETO, Pe. Antonio. Dados históricos da Diocese de Erexim e Região, Berthier, 2007

Elaboração: Paulo Camerini, Aline Dalla Costa e Pe. Gilson Samuel