Voz da Diocese

DIA DO NASCITURO
04/10/2020

 Prezados irmãos e irmãs: Uma saudação a todos os que nos acompanham nesta Voz da Diocese.

Estamos na Semana Nacional da Vida que encerra no dia 08 de outubro quando celebramos o dia do Nascituro. Mas muitos se perguntam: Quem é o nascituro? “Nascituro é aquele que irá nascer e que foi gerado e não nasceu ainda. Nascituro é o feto, um ser humano já concebido e ainda está no ventre da mãe pronto para nascer” (Artigo 2º do Estatuto do Nascituro).

Por isso, o dia do nascituro tem como objetivo olhar com carinho a conscientização das pessoas sobre o valor da vida e os riscos que as crianças correm desde a sua concepção até o nascimento. Também está ligado ao trabalho de Promoção e Defesa da Vida que recorda a necessidade de promover, cuidar e defender a vida da concepção até o seu fim natural.

A Comissão Vida e Família da CNBB diz que “a atividade da Semana Nacional da Vida e Dia do Nascituro é uma feliz iniciativa da Igreja. Busca ecoar na consciência, não só dos católicos, mas também de todos os homens e mulheres de nossa sociedade, o quão é necessário criar uma cultura da vida numa realidade que, muitas vezes, passou a considerar certas condições humanas como descartáveis”.

Diante de uma cultura de morte em que vivemos, recordamos que o Estatuto do Nascituro afirma que é “dever da família, da sociedade e do Estado assegurar ao nascituro, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, ao desenvolvimento, à liberdade e à família, além de colocá-lo a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão” (Art. 5º.)

Assim, somos convocados a promover e defender a vida, da concepção ao seu fim natural e comprometidos com a mesma, nos unamos em oração para que o mundo, a sociedade valorize, sempre mais, este dom precioso que Deus nos concedeu.

  “Que todos tenham vida e vida em abundância” (Jo 10, 10b).

  

Dom Adimir Antonio Mazali

Bispo Diocesano de Erexim

- Dom Adimir Antonio Mazali