Voz da Diocese

Festa do Batismo do Senhor
10/01/2021

             Saudamos a todos os que acompanham da Voz da Diocese que mais uma vez estão em sintonia conosco para acolher esta mensagem de paz e esperança.

            Estamos celebrando, neste final de semana, a Festa do Batismo do Senhor, encerrando o período do Natal. Eu gostaria de iniciar nossa reflexão fazendo uma pergunta: você sabe qual a data de seu batismo? Pois é, a data do nascimento todos nós sabemos e nela fazemos festa. Mas a data de nosso batismo fica no esquecimento e ela é muito importante. Pelo batismo, nos tornamos filhos e filhas muito amados de Deus, da mesma forma que nos recorda o anúncio do Evangelho de hoje, o batismo de Jesus revelado como o Filho querido por Deus: “Tu és meu Filho amado, em ti ponho meu bem-querer”.

            A liturgia nos faz percorrer a história da salvação para nos inserir, como batizados, no mistério revelado em Jesus e na missão a Ele confiada.

            A primeira leitura, tirada do profeta Isaías, nos apresenta a figura do “Servo” sobre o qual está o espírito do Senhor, pois ele foi escolhido para libertar o seu povo. É Deus quem escolhe, capacita e envia em missão. Esta figura do “servo” no texto de Isaías prefigura a pessoa de Jesus que se torna servo para realizar sua missão e assume, conforme recordamos em outra passagem do Evangelho de Lucas, que ele retoma este mesmo texto como referência de seu programa de vida: “O Espírito do Senhor está sobre mim porque me ungiu e me enviou...” Deus age através de quem ele escolhe, confia e envia a uma missão.

            A segunda leitura, tirada dos Atos dos Apóstolos, apresenta o discurso de Pedro que enfatiza o que aconteceu com Jesus depois do batismo pregado por João Batista e como Jesus, ungido com a força do Espírito, realizou sua missão. Recorda como os apóstolos iniciaram a missão no seguimento de Jesus depois que o mesmo, tendo passado pelo mundo fazendo o bem, confiou a eles a continuidade de anunciar o projeto salvador de Deus.

O relato do Evangelho mostra que Jesus, tendo sido batizado por João Batista, no Rio Jordão, o céu se abriu e pairou sobre ele o Espírito em forma de pomba revelando sua identidade. A voz que se faz ouvir ainda nos mostra a intimidade de Jesus com o Pai e Nele está todo o bem-querer e a confiança depositada pelo Pai. A partir daí, Jesus inicia sua missão de anunciar a Boa Nova, cumprindo inteiramente a vontade do Pai e sendo obediente até à morte e morte de cruz.

            Com esta festa do batismo de Jesus, somos chamados a renovar nosso batismo e para isso, vamos buscar qual é a data dele para que mergulhando na vida de Cristo nos tornemos, como Ele, anunciadores da boa nova. Somos encorajados a participar da mesma missão de Jesus, que passou pelo mundo fazendo o bem, servindo nossos irmãos e irmãs na certeza de que também a nós o Senhor nos comunicará o seu Espírito, fazendo-nos ouvir sua voz que nos diz: “Tu és meu filho amado, em ti coloco meu bem-querer”.

            Que Deus abençoe a todos!                                             

Dom Adimir Antonio Mazali

Bispo Diocesano de Erexim

- Dom Adimir Antonio Mazali