Voz da Diocese

Jesus Cristo é o Caminho, a Verdade e a Vida
07/05/2023

Minha saudação aos irmãos e irmãs que acompanham a Voz da Diocese. Estamos iniciando o mês de maio, dedicado à devoção Mariana. Nesse Domingo iniciamdo a quinta semana do tempo pascal, celebramos a manifestação de Jesus Ressuscitado como Caminho, Verdade e Vida, que nos leva ao Pai. Perante as inseguranças do seguimento e diante das incertezas do futuro, Jesus nos dá alento em nosso caminhar, por meio de sua presença confortadora. Jesus deixa claro que Ele, e não outro, sua proposta, e não outra, é o Caminho para o Pai, isto é, para a realização plena de toda e qualquer pessoa humana.

O texto do Evangelho, desse domingo (Jo 14,1-12), pertence ao discurso de despedida de Jesus, na Última Ceia. Diante da iminência de sua morte, os discípulos estavam com medo e muito perturbados. Não podia ser diferente! Este estado de desânimo dos discípulos revela a situação de muitos discípulos de Jesus de hoje. É a realidade de muitos de nós, ou seja, razões que são próprias do nosso tempo. Jesus, consciente de tudo e muito sereno, confortou os discípulos dizendo-lhes: “Não se perturbe o vosso coração” (Jo 14,1a). Diante daquele momento dramático, eles deviam crer Nele e em suas palavras. Por isso, disse-lhes: “Tendes fé em Deus, tende fé em mim também” (Jo 14,1b). Trata-se de uma palavra de encorajamento. E, também, mostrou-lhes que em Deus há lugar para todos, pois Ele mesmo indo até o Pai, iria preparar-lhes um lugar.

Prezados irmãos e irmãs. A pergunta que Tomé faz: “Senhor,  nós não sabemos para onde vais. Como podemos conhecer o caminho?” (Jo 14,5), provocou a declaração central de Jesus: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai a Pai senão por mim!” (Jo 14,6).

Jesus é o Caminho que conduz ao Pai, por meio de sua Palavra e de sua morte-ressurreição. Jesus é a Verdade de Deus Pai para o mundo, para os pobres e para todos nós. A Verdade que Jesus anuncia é o Reino de Deus. Acolhendo-o, acolhe-se todo o projeto do Pai: “Eu estou no Pai e o Pai está em mim” (Jo 14,11). Jesus é a Vida: “Nele estava a vida e a vida era a luz dos homens” (Jo 1,4). O objetivo de Jesus sempre foi revelar a vida em abundância para todos, rumo à vida plena. Experimentar Jesus enquanto Caminho, Verdade e Vida é experimentar o Pai, é entrar em intimidade com o próprio Pai: “Não acreditas que eu estou no Pai e o Pai está em mim?” (Jo 14,10), disse Jesus.

Portanto, Jesus é o Caminho que conduz ao Pai. Ele é a Verdade que liberta.  Caminho e Verdade que são testemunhadas, por Jesus, no amor e na fidelidade até o fim. Ele é o Caminho da salvação que oferece vida plena. Quem segue os passos de Jesus encontra o caminho, a verdade e a vida em sua Pessoa, e a oportunidade da experiência de comunhão com o Pai. Na segunda leitura, São Pedro corrobora com a mensagem do evangelho, ao dizer à nova Comunidade dos discípulos de Jesus: “Aproximai-vos do Senhor, pedra viva (...); tropeçam os que não acolhem sua Palavra” (1Pd 2,4.8). Pois, a Palavra de Jesus é a verdade que liberta e salva a todos os que a acolhem com alegria e a põem em prática.

Caríssimos irmãos e irmãs, de tudo isso decorre a grande preocupação dos Apóstolos, no livro dos Atos dos Apóstolos. Tinha-se a necessidade de mais operários para a messe do Senhor. As funções eram muitas. Eles deviam repartir as tarefas, encontrar mais pessoas para dividir as funções. “Escolhais entre vós sete homens de boa fama, repletos do Espírito e de sabedoria” (At 6,3). Assim, os Apóstolos poderiam dedicar-se “inteiramente à oração e ao serviço da Palavra” (At. 6,4). O detalhe está na intenção ou na necessidade de dedicar-se inteiramente àquilo que se faz. Este parece ser o grande segredo para que algo dê certo na vida: “dedicar-se inteiramente”, com toda a vida, com todo amor, com toda convicção. O anúncio do Evangelho de Jesus, Caminho, Verdade e Vida, implica dedicação inteira, amor total, até o fim.

Peçamos que o Senhor nos conforte diante das tribulações e desafios que encontramos na ação evangelizadora. Que Maria, mãe de Jesus e nossa mãe, a quem dedicamos esse mês de maio, interceda por nós, a fim de permanecermos fiéis aos ensinamentos de seu Filho Jesus, até o fim, comunicando com entusiasmo, ao mundo, que Jesus é de fato, Caminho, Verdade e Vida.

Um bom domingo a todos e que Deus os abençoe.

 

Dom Adimir Antonio Mazali

Bispo Diocesano de Erexim – RS

- Dom Adimir Antonio Mazali