Informativos Paroquiais

Mensagem da Liturgia Dominical   

Neste domingo, celebramos a memória dos apóstolos Pedro e Paulo. Duas colunas mestras da Igreja. São Pedro e são Paulo sofreram o martírio em Roma sob o imperador Nero. Pedro por crucifixão e Paulo por decapitação.

O que nos encanta nestes gigantes da fé não é somente o fruto de sua obra, tão fecunda. Encanta-nos igualmente a fidelidade à missão. As palavras de Paulo servem também para Pedro: “Combati o bom combate, completei a corrida, guardei a fé”. Ambos foram perseverantes e generosos na missão que o Senhor lhes confiara: entre provações e lágrimas, eles fielmente plantaram a Igreja de Cristo, como pastores solícitos pelo rebanho, buscando não o próprio interesse, mas o de Jesus Cristo. Ambos experimentaram também, dia após dia, a presença e o socorro do Senhor. Paulo, como Pedro,  pôde dizer: “Agora sei, de fato, que o Senhor enviou o seu anjo para me libertar…”

Ambos viveram profundamente o que pregaram: pregaram o Cristo com a palavra e a vida, tudo dando por Cristo. Pedro disse com acerto: “Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que te amo”; Paulo exclamou com verdade: “Para mim, viver é Cristo. Minha vida presente na carne, eu a vivo na fé do Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim”. Dois homens, um amor apaixonado: Jesus Cristo! Duas vidas, um só ideal: anunciar Jesus Cristo! Em Jesus eles apostaram tudo; por Jesus, gastaram a própria vida; da loucura da cruz e da esperança da ressurreição de Jesus, eles fizeram seu tesouro e seu critério de vida.

Finalmente, ambos derramaram o Sangue pelo Senhor, participando dos seus sofrimentos, unido a ele suas vidas até o martírio em Roma, para serem herdeiros de sua glória. Eis por que eles são modelo para todos os cristãos; eis por que celebramos, com alegria e solenidade o seu glorioso martírio junto ao altar de Deus! Que eles intercedam por nós na glória de Cristo, para que sejamos fiéis como eles foram.

Ao celebrarmos os dois admiráveis apóstolos, lembramo-nos naturalmente do Papa, a quem cabe, em primeiro lugar, guardar, defender, anunciar e testemunhar a fé que herdamos de Pedro e Paulo. O Papa Francisco é hoje o grande apóstolo do Evangelho que nos dá a Vida verdadeira. Como sucessor de Pedro e herdeiro de seu carisma-ministério, preside hoje à caridade, apascentando com zelo os fiéis que lhe são confiados. Mas é também chamado, a exemplo de Paulo, a desgastar-se de todos os modos, a fim de que a Palavra de Deus atinja os corações e, assim, o mundo se renove na esperança que vem da firmeza de Deus.

O Papa Francisco tem desempenhado muito bem seu ofício de propagador da fé e da beleza da salvação. Notáveis são suas palavras e ensinamentos, carregados de profundo significado e sabedoria, dirigidos para um mundo aparentemente mais distante de Cristo e da sua Igreja. Os ensinamentos do Papa são capazes de interpelar as consciências e fazê-las pensar, e a Igreja, sem dúvida, tem sido levada, com o Papa Francisco, a aprofundar-se no conhecimento de suas raízes.

Que São Pedro e São Paulo intercedam sempre pela Igreja, proteja o Santo Padre Francisco e alcancem para todos nós a graça de sermos discípulos missionários de Jesus Cristo.

  

Programação PAROQUIAL da semana:

Sábado, 30 de junho:  às 18h, missa na igreja matriz.

Domingo, 1º de julho:  às 9h, missa na igreja matriz.

Segunda-feira, 02 de julho: às 18h, Terço dos Homens, na igreja matriz. E às 19h, Reunião do Conselho de Pastoral.

Terça-feira, 03 de julho: às 14h, missa na comunidade Na. Sra. do Monte Claro, Rio Liso. E às 19h, missa na comunidade de São Caetano, Boi Branco.

Quarta-feira, 04 de julho: às 14h, missa na comunidade Na. Sra. de Lourdes, Cruzaltense.

Quinta-feira, 05 de julho: às 14h, missa na comunidade de São Bonifácio, Coxilha Seca. E às 19h, missa na comunidade Na. Sra. das Graças, Linha Santa Cruz.

Sexta-feira, 06 de julho: às 15h, Terço da Misericórdia, na igreja matriz. Às 18h30, missa na igreja matriz, da primeira sexta-feira do mês do Apostolado da Oração.

Sábado, 07 de julho:  às 14, missa na comunidade Na. Sra. do Caravággio, Linha Progresso. Às 18h, missa na igreja matriz. E às 19h30, missa em Cruzaltense.

Domingo, 08 de julho:  não haverá missa na igreja matriz; neste dia acontece o encontro e a apresentação dos Corais Italianos.

Baixar Arquivo